A perda de vocês gerou uma vida…

Quando recebemos a dádiva de uma vida, a alegria contagia, planos são feitos , futuros são projetados.

Inebriados pelo amor mais sincero e intenso, o dos pais pelos filhos, nos apropriamos da vida destes seres tão amados tentando de qualquer forma tirar-lhes as dores e percalços, como um grande escudo de amor acreditamos que o que nos é dado é algo eterno.

Certo dia, escutei uma frase “começamos a morrer desde o momento de nosso nascimento”, sombrio, mas real.

Ao imaginarmos que a morte de um filho e a inversão natural da vida, estamos colocando em duvida a supremacia divina. Deus é sábio e maravilhoso, porém somos mortais e possuímos sentimentos como dor, saudade e até a ira. Estes sentimentos também nos foram entregues por Deus, por isto temos sim o direito de chorar e sofrer por alguém que se vai.

Mas, a vida continua e temos a obrigação de entre uma lágrima e outra ir seguindo em frente, tocando a vida, por mais difícil que pareça.

Não tenho filhos, por isto realmente não posso avaliar a dor real de vocês, mas já tive minhas perdas e choro por elas. Cada um com sua cruz.

Muita força, luz e paz para todos estes pais corajosos, cujos depoimentos me ajudaram muito para perceber que existem problemas muito mais dolorosos que os meus.

Vocês podem nem imaginar , mas através das palavras escritas neste site uma vida recomeçou, sendo assim a perda de vocês, gerou uma vida, a minha, que estava prestes a se dilacerar.

Muito obrigado de coração, que Deus os abençoe e que Nsa. Senhora possa lhes secar as lagrimas com seu manto sagrado.

Gabriela Araujo

Anúncios

3 pensamentos sobre “A perda de vocês gerou uma vida…

  1. Minha netinha(Amabilly Letícia 6 meses)nasceu bem e saudável;só que engasgava muito ;foi 3 vezes quase morta para o hospital e o medico falava que era refluxo,mas ela tava muito amarelinha e o medico falava que era ectericia que era normal e estava desenvolvendo bem;até um dia que minha filha levou ela no pronto socorro pois estava com o nariz escorrendo,mas o médico olhou para ela e disse essa menina tem uma doença grave no fígado ,pediu uns exames e constatou “Atresia Biliar” e ja tinha endurecido o figado pela demora p descobrir,então ficou internada na UTI 20dias(no Hosp de transplantes de SP) a espera do transplante de figado,mas qdo chegou o figado compativel ,qdo foi ser entubada deu uma parada cardíaca e ela não resistiu ;no dia 30/12/11. Estamos sofrendo muito,tem horas que a saudade dói demais ,sufoca a garanta…A mãezinha dela é Tayenne ,queria muito que vc desse uma palavra de consolo para ela !!! Agradeço de coração ,peço orações e sua benção padre Rogério .Um abraço
    Adriana Bueno de Carvalho,Tayenne Bueno de Carvalho Manareta

    • Deus te abençoe muito, Adriana.
      Quanto sofrimento! É uma história de luta, que se consumou no sacrifício de uma vida, e uma vida inocente. Tudo isso torna ainda mais incompreensível para nós esse mistério de dor. Mas, quando digo sacrifício, me apego à idéia de que se trata de uma coisa sagrada: tudo o que vocês passaram e estão passando… E, especialmente, tudo o que a pequena Amabily passou. É uma vida. Uma vida humana! Com toda a dignidade de qualquer pessoa. Um ser humano como você e como eu. Contudo, é sagrado também porque, para Deus, assim como para você e sua filha, ela não é um ser humano qualquer, mas é a filha e a neta… Para Deus também ela é única! Por isso nós cremos que Ele não despreza o que é d’Ele.
      Gostaria de dizer a você, Tayenne, que é verdade que não é fácil o que você está passando, e nem será mais fácil só porque o tempo passou, ou porque você não chora tanto na frente das pessoas, ou porque todos te dizem palavras de conforto. Mas, mesmo sendo difícil, se você viver essa dor ao lado de pessoas que te amam e te compreendem, a sua dor, mesmo que não seja diminuída, ela não será solitária. E a solidariedade é um milagre que Deus permitiu ao ser humano realizar sempre que ele decidir por isso e sempre que alguém aceitar de partilhar a sua dor. Sinta-se unida a muitos pais e mães, que sabem o que você passa e rezam por você, começando pela sua própria mãe. Que Maria e Jesus estejam ao teu lado, como estão ao lado da Amabily.
      Pe. Rogério das Neves

      • Cara Adriana e Tayenne, a Paz de Jesus esteja com vocês!

        Podemos imaginar a intensidade dessa dor. Só mesmo Deus pode nos dar o consolo que tanto precisamos, por isso, contem com as nossas orações. Saibam que todos nós da família dos “Filhos que estão no Céu”, nos unimos a vocês através das orações.
        Sabemos o quanto é difícil. Não tem como entender, porque são mistérios de Deus, e enquanto humanos, somos limitados e frágeis para compreender tamanho mistério. É um caminho a ser percorrido pela fé.
        É certo que a dor é indescritível, mas o amor de Deus por nós é infinitamente maior, e Ele providencia as graças que tanto precisamos para suportarmos. Apesar de a saudade estar sempre presente, a fé nos sustentará, até o dia do nosso reencontro no céu.
        A pequena Amabilly Letícia, agora vivendo ao lado de Deus, certamente está intercedendo por vocês. Os nossos filhos são agora nossos intercessores junto a Jesus. E Deus está no comando. Embora haja muita dor, há também muito amor: amor de Deus para conosco, de nossos familiares, amigos, e principalmente o amor de nossos filhos, que agora o sentimos de uma forma espiritualizada, um amor eterno, que não acabou, mas foi transformado.
        É pela graça de Deus que seguimos em frente. Confiem, Deus não nos abandona jamais.
        Desde já sintam-se acolhidas por nossa família. Contem sempre com as nossas orações, assim como contamos também com as de vocês, e lembrem-se sempre: por Deus, com Deus e para Deus.

        “Isso, porque eu sou o Senhor, o teu Deus, eu te pego pela mão e digo: ‘não temas que eu te ajudarei’, oráculo do Senhor”. (Is 41, 13)

        Fraternalmente,

        Regina Araújo

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s