Reflexão de abril de 2013

REFLEXÃO DO MÊS

 Abril de 2013

  

“ Eu lhes dou a vida eterna…” (Jo 10,28)

 Abril é o mês da <Vida Eterna>. O tempo forte de Páscoa no qual Jesus, Bom Pastor, convida as suas ovelhinhas amadas a escutar a Sua voz e a segui-Lo com confiança para participar à Sua própria vida divina e saborear a infinita suavidade do Seu amor.

Ele as conhece intimamente, as chama pelo nome, confidencialmente, uma a uma com infinita docilidade, as acompanha pelos caminhos retos e seguros, as faz saciar a sede em águas tranquilas, as defende de todo mal, para que nenhuma se perca nos caminhos perigosos, sem saída, ou se deixem enganar por falsos pastores.

Mesmo quando a perda de uma filha ou filho nos faz precipitar no escuro vale das dúvidas e da morte, quando no nosso horizonte desaparece mesmo um pequeno fragmento de esperança, não devemos temer, Ele, está sempre ao nosso lado, amorosamente, constantemente. Com paciência infinita nos conduz, nos fortalece, nos enche de toda consolação, nos sustenta com a força divina das Suas palavras: <Eu lhes dou a vida eterna>.

Gratuitamente oferece a si mesmo e nos faz participantes da Sua divina herança.

A salvação é portanto para todos, ao alcance de todos, não excluindo ninguém, bastando escutar a Sua voz, sair do nosso pequeno aprisco e confiar-nos a Ele, respondendo ao seu Chamado de amor com amor, bastando seguir as Suas indicações.

Quem como nós, <passou através da grande tribulação da morte de uma filha ou de um filho e purificou a alma no sangue do Cordeiro>, no mistério pascal da paixão-morte-ressurreição de Nosso Senhor, terá um lugar especial no Céu. Também nós podemos fazer parte daquela multidão imensa, que apareceu a João, que ninguém podia contar, proveniente de toda parte, que está à sua frente, diante do trono de Deus, com as palmas na mão e a veste branca. Unidos aos nossos filhos, poderemos adorá-Lo e prestar-lhe o nosso humilde serviço de louvor e de gratidão no seu templo, dia e noite. E já agora, na espera, se o escutamos, poderemos matar a nossa sede nas fontes das águas da vida. O nosso Pastor enxugará toda lágrima dos nossos olhos e estenderá a sua tenda sobre nós.

Refletindo e rezando:

As palavras de Jesus:<Eu lhes dou a vida eterna> conseguem interpelar-me profundamente? Como me relaciono com a escuta, o seguimento, a segurança que Ele me propõe? Sei perceber a amorosa presença de Jesus e do Pai na minha vida? Creio na Sua força divina que vence todo mal? Peçamos a Maria, nossa Mãe Consoladora, para ensinar-nos a escutar.

Por Andreana Bassanetti (extraído e traduzido da página: www.figlincielo.it)

Anúncios

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s