A semente que morre

Liturgia: 5º Domingo da Quaresma B

Tema: A semente que morre

Leituras: Jr 31,31-34; Hb 5,7-9; Jo 12,20-33

Introdução: O tempo já chegou. A liturgia vem recordar que a hora é agora, chegou o momento da salvação. Deus quer ficar sempre junto com o seu povo: “Eu serei o vosso Deus e vós sereis o meu povo”. Para que isto se torne realidade é necessário aceitar a aliança que Deus propõe. As novas leis dessa aliança de amor serão gravadas no coração. Será igual uma tatuagem permanente, impressa na mente e no coração de quem se compromete com Jesus. Pela ação do Espírito Santo, ninguém poderá dizer que não sabe qual é a vontade de Deus. É preciso deixar a semente morrer para que possa produzir muitos frutos, é preciso deixar morrer o “homem velho”, que vive no pecado, para que surja o “homem novo”, que vive segundo a graça de Deus!

1ª leitura: O profeta Jeremias revela o projeto de Deus que propõe uma nova aliança com o seu povo, mais eficiente que todas as outras. A diferença das outras alianças é que as leis não mais serão impressas em pedra, mas gravadas no coração. Isso significa que as normas prescritas não surgirão de fora, como uma ordem externa, em que as pessoas eram impelidas a cumprir para não sofrerem alguma represália. Dessa vez será o próprio Espírito de Deus que vai impelir as pessoas para cumprirem seus mandamentos.  Quem cumpre a lei é porque reconhece a Deus como Senhor de sua vida. Esta promessa se realiza plenamente quando Jesus derrama seu Espírito Santo sobre seus discípulos.

2ª leitura: A carta aos Hebreus faz questão de afirmar que Jesus teve uma vida humana igual a de todos os mortais, com dificuldades e angústias: “Ele foi em tudo igual aos homens, menos no pecado”. E, pelo que sofreu, foi capaz de compreender o significado da dor e limitações de todo ser humano. Mas Jesus foi obediente ao Projeto de Deus e isto é a melhor prova de que é possível ser fiel. Como homem Jesus pediu forças ao Pai e foi atendido. Por meio de Jesus, Deus vem em socorro de todos os homens. Feliz quem não desanima diante das dificuldades e faz germinar a semente da fé.

Evangelho: Alguns gregos convertidos querem “ver Jesus”, conhecer profundamente o mistério do Filho de Deus. Esta é, certamente, a vontade de todos os que O buscam de coração sincero. Para aproximarem-se de Jesus eles passam pelos discípulos. Ainda hoje é através da Igreja que as pessoas se aproximam do Mestre.

Jesus se revela como uma “semente que deve morrer para produzir frutos”. Quem quiser fazer a experiência de “ver Jesus”, deverá compreender o significado da morte para a ressurreição. A hora de Jesus é a hora de sua morte, é o momento em que Ele vai glorificar o Pai Eterno. Diante da morte de Cristo deve-se tomar uma decisão: obedecer ou não aos mandamentos de Deus.

Para germinar é preciso que a semente seja enterrada e faça a experiência da aniquilação. Para possuir a vida nova em Cristo é preciso desprezar as coisas mundanas, que afastam os homens de Deus, e assumir a vida da graça, a busca da santidade, que aproximam as pessoas de Deus. A semente significa a vida que deve ser oferecida, como fez Jesus. Oferecer a vida é não pensar em si, mas no bem de todos, é não ser egoísta. Oferece a vida quem ama, quem perdoa, quem partilha, quem faz da própria vida um canal da graça de Deus.

Pelo Espírito Santo, presente na história de quem se consagra a Deus, é possível “ver” a realização do projeto de Deus na “vida oferecida com alegria”.

 Pe. Manoel Idalgo

Anúncios

Um pensamento sobre “A semente que morre

  1. minha semente morreu ,foi muita bem cuidada , não conformo com esta perca sinto falta estou pensando serra que vela em outra terra .esta semente e meu filho que partiu sem eu

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s