Amor eterno, elo indestrutível que nos mantém unidos àqueles que em Cristo ressuscitaram.

Abraço eterno

Só nós sabemos o tamanho da dor que carregamos no coração. Quando conseguimos entender nosso ritmo e limites, torna-se possível, aos poucos, reorganizarmos a vida e recomeçar. Devagarinho a paz vai chegando e de repente nos pegamos rindo, produzindo, trabalhando, divertindo, enfim, vivendo novamente. Que seja tudo no tempo certo, sem grandes cobranças e exigências.

A experiência de perder alguém que amamos traz muita dor e desorganização e nos coloca diante de intensas e difíceis emoções que podem dar a impressão de que a vida nunca mais será a mesma. E de fato não será. Será outra porque aquele que perde um filho, filha ou ente querido é modificado por esta vivência, passando por um processo que o leva a construir novos significados, uma nova compreensão da vida.  A perda de um filho, filha ou ente querido traz mudanças radicais em nossa vida.

Quando o sofrimento chega, existe uma resistência natural a este estado e uma necessidade imperiosa de nos livrar dele. Surgem as perguntas, que no fundo sabemos que ficarão sem respostas. É nas maiores perdas que geralmente se ganha a certeza de que existe um Deus vivo, um Pai amoroso, que jamais nos deixa sozinhos. Depois deste encontro definitivo, os questionamentos diminuem, a aceitação é maior, a dor vai se acalmando e se transforma em esperança.

Quando passamos por algum sofrimento, nossa mente faz verdadeiros malabarismos para elaborar e processar uma verdade que é inaceitável.  É preciso um tempo para aprendermos a lidar com essa nova realidade, repentina, cruel e terrível. Leva um tempo para conseguirmos elaborar melhor a situação e retomarmos a vida que precisa ser vivida.

Cada um necessita de um tempo só seu para reformular conceitos e aprofundar na fé. E ela, e só ela, nos faz aos poucos entender que a vida dos nossos filhos ou entes queridos não acabou, mas se transformou em vida eterna, e que embora desperte em nós uma saudade tão grande e indescritível, um dia vamos nos reencontrar. Essa certeza de fé nos impulsiona a  lutar, a confiar, a seguir em frente.

Fácil, com certeza não é, mas à medida que avançamos na fé, que fazemos a nossa parte, rezando e confiando, que permitimos Deus agir em nosso ser, nosso coração vai se acalmando, as boas e felizes lembranças começam a vir à tona, e nós vamos, aos poucos, reaprendendo a viver.

Com a saudade temos que conviver… Que ao menos ela seja uma saudade saudável, que nos ajude a reviver situações alegres, lembranças emocionantes, palavras ditas, emoções compartilhadas… Que nela encontremos um refúgio onde possamos chorar e sorrir. E quando isto acontece, adquirimos a certeza de que o Amor é realmente eterno; é o elo indestrutível que nos mantém para sempre unidos àqueles que em Cristo já ressuscitaram, e que, portanto, continuam VIVOS e na Paz eterna.

Quando o coração se acalma vem a compreensão de que é chegada a hora de agradecermos pela vida vivida com eles, sua companhia, atenção, cuidado, carinho, os beijos e os abraços, e principalmente a Deus, pelo presente maravilhoso que nos foi dado, pelo privilégio de termos convivido com os nossos filhos que já vivem a vida eterna.

Que Nossa Senhora, Mãe Consoladora, interceda por nós e nos ajude a prosseguir, firmes na certeza de que um dia nos reencontraremos no Céu.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Amor eterno, elo indestrutível que nos mantém unidos àqueles que em Cristo ressuscitaram.

  1. Minha amiga que amo tanto,

    Sua fé não é vacilante. Você é mãe de um filho no céu, e creia, isso não é coisa fácil de se entender, se é que é possível entender. Se sua fé fosse vacilante você não estaria assim, nos edificando com sua vida e sua fé como sempre nos edifica.
    Só que às vezes somos exigentes conosco mesmo e queremos ser fortes o tempo todo… não dá querida amiga!
    A saudade tem horas que aperta de tal forma que é preciso deixa-la se manifestar através das lágrimas. A grande diferença é que em seguida enxugamos o rosto e seguimos em frente. Estaria alguma coisa errada se você não lutasse, se simplesmente ignorasse a vida que te espera para ser vivida: missão a ser cumprida.
    Você amiga tem uma disposição, uma garra incrível. Tem um texto que já postamos aqui que diz assim: “Pare, reflita e avalie sua caminhada…Veja as dificuldades que já enfrentou e o quanto você aprendeu. Siga em frente e não se permita ficar paralisado diante do sofrimento. A vida é feita de risos e lágrimas. Cair e levantar. Não é nada fácil, mas Deus nos capacita a todo instante.(…) Olhe para Deus. Perceba seu infinito amor agindo em sua vida! Deus te ama e não é insensível ao seu sofrimento. Ele está ao seu lado, às vezes imperceptível porque se faz ‘Pequeno, Manso e Humilde’. Muitas vezes não percebemos, mas Ele entra no mais profundo do nosso ser e acalma nosso coração. Sua presença ilumina a alma e nos refaz para seguirmos em frente. Lembre-se: A missão continua. Deus conta com você e quer te ver firme até o dia do reencontro com seu filho, sua filha ou ente querido no Céu. Por isso, força, fé, paciência, ânimo novo, esperança e coragem! Siga em frente com a certeza de que Deus está no comando da sua vida!”.
    É isso amiga, já demos alguns passos e o caminho precisa ser percorrido. Podemos até dar uma paradinha, respirar fundo, tomar fôlego mas seguir em frente, porque sabemos que ao final, quando a missão estiver concluída, nos reencontraremos com os nossos filhos, e aí será para toda a eternidade. Um dia daremos aquele abraço que está engasgado há tanto tempo. O Renam e a Renatinha aguardam o nosso tempo, e quando esse dia chegar, os encheremos de beijos e abraços… já imaginou?
    Enquanto isso amiga, temos que ajudar nossos outros filhos a escrever a história deles. Que possamos nos entregar totalmente à essa missão junto à nossa família. Que jamais nossa dor nos impeça de dar-lhes todo o amor que merecem e esperam receber, e que temos para dar-lhes.
    Você é uma pessoa incrível, iluminada, um presente de Deus.
    Quando a dor está insuportável e a saudade desesperadora, costumo fazer uma prece a Deus e oferecer a Ele essa dor. Incrivelmente ela acaba sendo substituída por uma paz inexplicável.
    A verdade é que temos no céu um “Pedaço” nosso, o que faz com que nossas orações cheguem mais rapidamente a Jesus. Confie, você realmente não está sozinha.
    O Renam certamente tem um orgulho imenso de você, e nós também.
    Ah, tente se programar para nosso retiro, dia 20 de setembro. Deus já está preparando graças para serem derramadas sobre nós nesse dia abençoado.
    Fique com Deus e obrigada pelas palavras que me encheram o coração a ponto de me derramar em lágrimas. Amo você amiga.
    Beijos no coração.

    Regina

    • Obrigada Regina, por estar a serviço do Espírito Santo pra me dar ânimo novo… É isso, como diz o Dunga ” o caminho se faz caminhando”. É reconfortante ter vcs na minha vida. estaremos juntas em setembro, pode contar comigo.
      Bj.

      Stela

  2. Ah! Esse Deus que me ama tanto…
    Levantei hj de um jeito que bem conheço nos últimos tempos, mas enquanto o marido e o filho ainda estavam em casa, dei continuidade a rotina dos dias.
    Ao ficar só, aquele aperto no peito que tanto conhecemos foi tomando um tamanho e volume tão grande, que explodiram num choro intenso, grande, sofrido.
    Deixei “correr” até estar exaurida de tanto chorar…
    Tomei meu banho e vim trabalhar, mas clamando forças para me manter de pé.
    E, rezando, recebo o alerta de postagem nessa nossa casa de amor que é o Grupo Filhos no Céu.
    Mais uma vez a demonstração clara do cuidado do Pai por cada um de nós, numa mensagem da Regina que teve endereço certo: o meu coração, a minha saudade, e vem alcançar e alimentar minha fé vacilante.
    Obrigada Regina por ser dócil para que o Senhor nos atinja através de vc.
    Obrigada Senhor, por, mais uma vez gritar aos meus ouvidos que está sempre por perto.
    Renan, filho amado, amanhã 2a 10m que vc me ensina que o amor só precisa de amor para sobreviver!

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s