Uma só coisa é necessária

“…uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada…” (Lucas 10, 40)

Porém uma só coisa lhe é importante, e essa parte não lhe será tirada.

Se estamos falando da vida dos nossos filhos ou nossas filhas, não nos parece coerente essa frase. Afinal, um filho, ou uma filha nos foi tirado, não podemos mais usufruir de seus sorrisos, não podemos mais ouvir a voz, pegar em seus braços, fazer sua comida preferida. E quantas vezes mais, depois de ver um filho ou uma filha partir que ficamos como Marta, utilizando de atividades e mais atividades, para que não tenhamos que conviver diretamente com o silêncio da saudade.

Nosso coração aos pedaços informa que perdemos a melhor parte, que é a convivência com os nossos filhos ou nossas filhas, ficamos com a ausência e a dor, ficamos com a saudade e o sofrimento, perdemos a melhor parte. Porém, esse toque que o Cristo apresenta para Marta, nos apresenta também, estamos tão preocupados com nossa dor, que vamos deixando as coisas passarem, deixamos de fazer o bem, porque nos tornamos vítimas de nossas dores e passamos a querer que os outros façam o bem para nós. Nos colocamos no pedestal do sofrimento e pronto, lá está todo o significado da nossa dor.

Perdemos a melhor parte, porém isso não é verdade, não perdemos a melhor parte, o que há de mais importante do que estar com Cristo, estar com Deus depois de ver um filho ou uma filha partir?

Se queremos estar com nossos filhos, nossas filhas, temos que resignificar o sofrimento, temos que sobreviver a dor, a autocomiseração, as nossas próprias mazelas para darmos um novo sentido a dor, ao sofrimento, temos a melhor parte que é Deus, que como Senhor da vida nos faz enxergar que com Ele, é possível encontrar os sinais que darão o ponto final ao nosso sofrimento, e assim fazer com que tudo tenha sentido.

Sentido esse que está em acreditar que os filhos, as filhas estão bem, estão vivos, estão em Deus e com Deus.

“Todos somos chamados a confortar os nossos irmãos e irmãs, testemunhando que só Deus pode eliminar as causas dos dramas existenciais e espirituais” essa frase do Santo Padre nos faz enxergar que não podemos perder mais tempo com coisas que nos retire da presença de Deus e do irmão sofredor, não podemos perder nosso tempo só sofrendo, não podemos perder a melhor parte.

Refletindo:

Quantas vezes depois de ver o meu filho ou minha filha partir perdemos tempo com o que não é importante? Quantas vezes resignifiquei a minha dor, para poder compreender melhor a vida eterna? Peçamos a Nossa Senhora Mãe do Divido Filho a consolar nossos corações, e que possamos assim como Maria irmã de Marta aproveitar melhor o nosso tempo.

Eliete Gomes

Anúncios

Um pensamento sobre “Uma só coisa é necessária

  1. RESIGNIFICAR… eis a chave para conviver melhor com essa saudade. Dar um novo sentido ao abraço que ficou solitário, aos sonhos que já não fazem mais sentido, é uma conquista diária no tempo que vai seguindo seu curso. E é o próprio Deus que vai nos apresentando oportunidades, caminhos … é só confiar.
    Certa vez ouvi Pe. Fábio de Melo dizer: não temos a capacidade de ressuscitar os mortos, mas que saibamos ressuscitar os vivos. Muitos precisam de nós.
    E no encontro de Set/15, quando me preparava pra comungar com pe. Rogério, meu coração avisou:
    “Recebe Aquele que seu filho já abraça na eternidade.” A partir daí, minhas missas estão resignificadas.
    Saudades de vcs, família Filhos no Céu.
    Que o Senhor continue nos resignificando e nos abençoando.

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s