Reflexão do mês – Novembro de 2016

 

“Vamos à casa do Senhor!”    (Sal 121)

 Novembro é o mês do “Amor Real”. O tempo no qual toda a Igreja reunida se prostra diante do seu Senhor e o proclama seu Rei, rei do universo, do macrocosmo exterior que está em torno de nós e rei do universo, do microcosmo que habita em nós, no centro do nosso coração.

É o triunfo do Amor Real que reina do madeiro ignominioso da Cruz, “escândalo para os judeus, loucura para os pagãos”, que transcende as nossas misérias, as nossas lógicas restritas, transfigura as nossas existências e nos indica a via mestra para o Céu, para ir com alegria à casa do Senhor e viver para sempre com os nossos filhos que nos precederam.

Quem sabe quantas vezes, nos momentos difíceis da provação, de frente ao mal, ao sofrimento, à morte, imploramos a onipotência de Deus para que interviesse, para que deixasse nosso filho, e se manifestasse assim com os sinais prodigiosos a sua realeza.

Jesus, pelo contrário, nos explica que a verdadeira realeza passa pela via da Cruz, a via do amor, do dom total de si, exatamente como fez Ele que amou os seus até o fim, até o cumprimento do amor, doando totalmente a si mesmo, até à morte de Cruz.

É esta a realeza divina que ainda hoje nos vem do Crucifixo, um dom imenso, preciosíssimo que nos permite caminhar com alegria e segura esperança para a casa do Senhor onde poderemos novamente abraçar os nossos filhos, percorrendo novamente a mesma via do amor incondicional, no qual a coroa real equivale à coroa de espinhos e o poder é somente o poder do nosso amor que se faz serviço ao irmão, até ao dom total da nossa vida.

Mesmo nos momentos mais dolorosos e angustiantes, sobretudo no escuro gélido da morte, Jesus nos aquece com o sopro do seu santo Espírito e nos escancara a porta da eternidade. Do alto da Cruz nos revela o esplendor da sua realeza.

Ele venceu a morte com o poder do seu amor, se o seguimos, se também nós amamos como Ele nos amou, já aqui e agora teremos a alegria de escutar as suas palavras de consolação: “Hoje mesmo estarás comigo e com o teu filho no Paraíso”.

 Rezemos:

Jesus é verdadeiramente o Senhor da minha vida? Para mim o viver é Cristo ou vivo para mim mesmo? Estou convencido de que o verdadeiro poder não está na força, na prepotência e na prevaricação, mas no amor incondicional, no dom de si e no serviço ao irmão? Peçamos a Maria, nossa Mãe Consoladora, para ajudar-nos a crescer no seu amor, para reinar com Ele e para Ele, junto aos nossos filhos que estão n’Ele.

Andreana Bassanetti

(site figli in cielo)

Anúncios

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s