Um presente para o Menino Jesus

Estamos nos aproximando do Natal, nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo, grande sinal do Amor de Deus por nós.

Para quem tem um filho ou uma filha no céu é um tempo de muita reflexão. Por um lado temos a alegria de festejar o nascimento do Menino Jesus. Por outro lado temos que aprender a viver todas essas festividades de uma maneira diferente, com o coração apertado de saudade.

No primeiro ano que passamos logo após a partida da Renatinha, foi muito difícil celebrar todas as datas festivas.  Num primeiro momento a vontade que tínhamos era de ficar fechadinhos em casa, bem quietinhos, indiferentes ao mundo que seguia.

Era doído perceber que tudo continuava seguindo normalmente, como se nada tivesse acontecido.  Era estranho ver tudo transcorrendo normalmente, as coisas acontecendo, tudo seguindo seu rumo, sendo que meu mundo parecia que tinha desabado, já nem sabia como mudar os passos.

Demorou um pouco para que eu compreendesse que a vida precisava continuar. Que cada um tem seu tempo, sua missão e que a nossa ainda precisa ser concluída.

Tive dificuldades em fazer algumas coisas, estar em alguns lugares e reviver algumas datas. Mas aos poucos a gente percebe que é preciso retomar a vida. Não é nada fácil, no entanto é o caminho necessário a ser percorrido se desejamos alcançar o reencontro com nossos filhos, filhas e entes queridos no Céu.

Sabíamos que nada mais voltaria a ser como antes, que teríamos que reaprender a viver e tirar dessa dor uma grande lição de vida e de fé.

Para nós, pais e mães, é impossível imaginar a partida de um filho ou filha. Nem sabemos lidar com isso. Até que acontece…  E como viver certas datas sentindo tanta dor?

Minha casa, na maioria das vezes, estava em festa, sobretudo nessa época.  A arrumação da árvore, do presépio, tudo preparado com os filhos, já despertando neles o sentido desse dia tão importante.

Nove anos se passaram e novamente o Natal se aproxima. A falta que a Renatinha faz não é possível descrever. É uma dor absurda, inexplicável.

O interessante é que quando pensamos que não vamos suportar, Deus vem amorosamente ao nosso encontro e nos fortalece para seguirmos em frente. É inexplicável. É fé. É Deus agindo!

Por isso nesse Natal, gratidão é o que desejo oferecer ao Menino Jesus. Sim, gratidão pelo dom da vida da Renatinha, dom de Deus, talento emprestado e que nunca nos pertenceu.

Gratidão pelos dezessete anos que a Renatinha passou ao nosso lado. Por todos os dias, todos os momentos preciosos que com ela vivemos e estão gravados em nosso coração. Foram momentos maravilhosos. Uma riqueza inigualável. Seu sorriso aberto e escancarado para a vida, sem se importar se as circunstâncias eram boas ou difíceis.

A saudade é grande, mas não agradecer a Deus pela graça de ter vivido com ela é como esquecer nossa história escrita com sorrisos e lágrimas. Alegrias e tristezas.

Somos gratos a Deus por ter nos permitido ser pais dessa pessoa tão especial que completou e mudou nossa vida.

Neste dia festivo, que nosso olhar esteja voltado para uma festa maior, do nascimento de Cristo dentro do nosso coração. Que possamos deixar o Amor maior cuidar das nossas dores, refazer nossos caminhos, e fortalecer nossos passos.

Que o Amor seja nossa maior lembrança!

Vivamos com muita fé, gratidão e esperança este dia, que o Senhor fez para nós! Que a Graça de Deus nos alcance, hoje e sempre!

Um Santo Natal e um abençoado Ano Novo!

Anúncios

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s