Como ver a morte?

“Você possui apenas aquilo que não perderá com a morte; tudo o mais é ilusão.”

Frase forte, que eleva a alma, faz com que a esperança brote, pois nos faz acreditar que de alguma maneira tem para onde ir e o que podemos levar, mesmo depois da morte do corpo.

Para se saber morrer primeiramente precisamos aprender a difícil lição de viver, viver significa enfrentar a eletricidade do mundo que insiste em nos dar choques, e depois de todos os desafios enfrentados, ficamos com a última lição onde viver é aprender a morrer lentamente.

Devemos aplicar a pedagogia da morte, educar e se educar para envelhecer, educar-se para saber morrer, nós não somos educados para morrer, mesmo sabendo que é a única certeza que podemos carregar.

Capacitar o exercício do desapego, a morte é o único fato que quando ocorre apenas nos resta deixar nas mãos de Deus, perdemos o poder, somos totalmente impotentes diante dela, sabendo que chegará a qualquer momento, estamos presos ao não aceitamento dela, a negação é a defesa que temos sobre o desconhecido, negar a morte é comum, mesmo que se aprende que a vida caminha para ela.

A morte não nos traz a certeza de nada, ficamos frente a frente com o desconhecido, porém a morte calibra a fé, faz com que fatos torturantes de nossas vidas se tornem simples lembranças, a própria morte tem o poder de dimensionar, transformar o que era grande à alma em pequeno, o que era pequeno em grande.

Diante da morte nos resta apenas refletir sobre a vida e o passado, a pedagogia da morte nos ensina o verdadeiro significado das coisas da vida.

Mas há outro tipo de morte que Jesus nos faz refletir, quando um jovem diz que irá segui-lo, mas precisava enterrar o pai, e Jesus diz: deixe que os mortos enterrem os mortos, fora do sentindo literal encontramos o sentido figurativo desse discurso, será que Jesus se referia aos mortos que já partiram, não Jesus aqui citava os mortos vivos, aqueles que ainda não receberam a mensagem do Reino de Deus e acreditam que viver apenas 80 anos é o suficiente, mortos são aqueles que não se importam com a passagem entre a vida e a morte, se importam apenas com as ilusões.

O que diferencia a fé cristã de todas as outras é a ressurreição, a partir dela podemos mover alguém em direção ao amor próprio, ao amor ao próximo, ressuscitar alguém elevando sua auto-estima, fazendo dela um ser humano de amor.

Seja qual morte que vamos tratar, a resposta será sempre uma: a ressurreição salvará.

Eliete


Anúncios

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s