Cântico das Criaturas (São Francisco de Assis).

Louvado sejais, meu Senhor, / pela irmã Lua e as Estrelas, / que no céu formastes claras / e preciosas e belas.

Louvado sejais, meu Senhor, / pelo irmão Vento, pelo ar, / nublado ou sereno, e todo o tempo, / pelo qual às vossas criaturas dais sustento.

Louvado sejais, meu Senhor, / pela irmã Água, / que é mui útil e humilde, / e preciosa e casta.

Louvado sejais, meu Senhor, / pelo irmão Fogo, / pelo qual iluminais a noite. / Ele é belo, e alegre / e vitorioso e forte.

Louvado sejais, meu Senhor, / por nossa irmã a mãe Terra, / que nos sustenta e governa / e produz frutos diversos, / e coloridas flores e ervas.

Louvado sejais, meu Senhor, / pelos que perdoam, por vosso amor, / e suportam doenças e aflições.

Bem-aventurados os que /  as sustentam em paz, / que por Vós, Altíssimo, / serão coroados.

Louvado sejais, meu Senhor, / por nossa irmã a Morte corporal, / da qual homem algum pode escapar.

Ai dos que morrerem em pecado mortal! / Felizes os que ela achar / conformes à vossa santíssima vontade, / porque a segunda morte não lhes fará mal!

(Extraído de “Francisco de Assis – Cântico do Universo” – Clássicos da Espiritualidade – org. Frei Patrício Sciadini, Editora Cidade Nova, p. 79-80).

 

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s