Testemunhos

Este é um espaço para histórias de vidas daqueles que já partiram e até para contar a trajetória da saudade.

Queremos conhecer o seu testemunho!

Envie seu testemunho para: filhosnoceu@diocesesjc.org.br

Anúncios

101 pensamentos sobre “Testemunhos

  1. BOM DIA , AGORA É MEIA NOITE E QUARENTA E SEIS MINUTOS DIA DE NOSSA SENHORA DA APARECIDA E TBM DIA DAS CRIANÇAS UM DIA ESPECIAL E TBM MUITO TRISTE PARA MIM. HOJE TEM QUATRO ANOS QUE MINHA AMADA E QUERIDA FILHA THAIS ESTÁ COM DEUS .JUNTO A JESUS E NOSSA MÃE. :FILHA QUE DEUS TE ABENÇOE E TE DE MUITA LUZ;MUITA PAZ E MUITA FELICIDADE NESTA SUA NOVA VIDA . E QUE EU TE AMO MUITO NÃO SE ESQUECE DISTO NUNCAAA …LEMBRA DESTA FRASE? V
    C SEMPRE DIZIA PRA MIM. QUE VC SEJA ENVOLVIDA PELOS BRAÇOS DO PAI E QUE ESTEJA MUITO FELIZ..EU SEI QUE O TEMPO DE DEUS NÃO É O NOSSO MAS ESPERO ANSIOSAMENTE O DIA EM QUE NÓS ESTAREMOS JUNTAS NOVAMENTE PARA SEMPRE LOUVANDO E GLORIFICANDO A DEUS NOSSO PAI..JUNTO A JESUS E MARIA NOSSA MÃE.
    QUE DEUS ABENÇOE TODOS OS FILHOS E FILHAS NO CÉU POR INTERCESSÃO DE NOSSA SENHORA DA APARECIDA PORQUE COM CERTEZA ELES ESTÃO MUITO MAIS FELIZES DO QUE AQUI/
    CHORAR SEMPRE QUE SENTIR SAUDADES E ISTO ACHO QUE SERÁ ATÉ O FIM DE NOSSAS VIDAS MAS TEMOS QUE TER MUITA FÉ E ESPERANÇA PORQUE UM DIA ESTAREMOS TODOS JUNTOS NOVAMENTE COM NOSSOS FILHOS , DEUS PROMETEU QUE NÃO HAVERIA MAS DOR, NEM LÁGRIMAS E NEM MORTE, A AI SIM ALCANÇAREMOS A VIDA ETERNA/ AMÉM QUE JESUS NOS AJUDE NESTA DÍFICIL CAMINHADA PARA QUE POSSAMOS TER FORÇA PARA SEGUIR EM FRENTE. PORQUE NÃO É FÁCIL E ELE SABE DISTO ELE ESTÁ VENDO O NOSSO SOFRIMENTO E ELE TEM UM PLANO PARA CADA UM DE NÓS.
    POR ISTO DEUS ABENÇOE A CADA MÃE E A CADA PAI QUE TEM SEUS FILHOS OU FILHAS NO CÉU.
    FIQUEM TODOS NA PAZ DO SENHOR JESUS E QUE NOSSA SENHORA DA APARECIDA NOS DÊ A MÃO E CUIDE DOS NOSSOS CORAÇÕES.
    OBRIGADO A TODOS OS RESPONSÁVEIS DESTE SITE QUE DEUS ABENÇOE. VCS.
    “A FELICIDADE COMPARTILHADA É DOBRADA, MAS A DOR COMPARTILHADA É DIMINUIDA”
    ESTA FRASE ESTÁ ESCRITA NA AGENDA DA MINHA FILHA. ,SÓ GOSTARIA QUE VCS SOUBESSEM.
    TENHAM TODOS UM BOM DIA

    • Querida Elisabeth!
      Sinta-se acolhida, neste espaço onde nos unimos para dividir essa realidade que chega e nos tira do “prumo”.
      Quando vivemos a partida de um filho perdemos um pouco o senso de direção que, em nossos sonhos, estava certo.
      É preciso silenciar, rezar e encontrar na fé o equilíbrio da saudade na esperança do reencontro.
      O olhar da fé é que nos orienta nesse momento de trevas sem nos afastar do mundo. Temos que, como diz pe. Fábio de Melo, ressuscitar os vivos e caminhar na certeza que temos um Pai amoroso que cuida de cada detalhe em nossa vida.
      Nós, como mães, temos que nos espelhar em Maria, Mãe que se manteve em pé junto a cruz do Filho, que viveu a Paixão para cumprir os desígnios de Deus para o mundo: a vida eterna.
      Nossos filhos já mereceram participar da alegria do céu, e lá nos esperam para o abraço.
      Estou rezando por vc.
      Que Deus lhe cubra de bençãos e Maria acalme seu coração.

      Stela

      • Oi,Elizabeth
        Suas palavras soaram dentro de mim como lamina que perfura estraçalhando tudo que existe….é assim que você se sente….é assim que me sinto….assim nós, pais e mães, temos a mesma ferida…..viver sem nossos filhos é dor estraçalhante que ora nos revolta ora nos ajoelha….
        Essa dor sem fim é nossa realidade nos dias cinzentos que enxergamos….nas noites mal dormidas e amanhecer desesperador….Porque meu Deus? Porque?
        E Deus nos responde….
        “Porque o lugar dos Anjos é no céu.”
        Então porque choramos? Nossos filhos estão felizes e precisamos agir como quando os tínhamos perto sempre buscando o melhor para eles.É como devemos pensar mesmo que a saudade fale mais alto.Somos pais e queremos o melhor para nossos filhos,acreditando que Deus em sua infinita misericórdia apenas os levou primeiro e um dia os abraçaremos novamente na nossa real morada.
        Até lá,nosso amor nos manterá unidos.Prossigamos distribuindo esse sentimento verdadeiro a cada criança de rua, a cada doente que atravessar nosso caminho, a cada ser sofredor porque nós sabemos amar como ninguém.

        Sinta-se abraçada em seu coração por alguém que também não consegue viver longe do Tales,meu filho querido.
        Deus lhe abençoe
        Cristina

  2. Gostaria de receber orientações de vocês.Para criar um grupo aqui na Paraíba, Tenho uma filha no Céu e é muito grande o numero de familias precisando de apoio. Será possivel? Ficarei muito grata. Que Deus abençoe vocês.

    • Cara Maria de Fátima.
      Que bom que você tem essa iniciativa. Não imagina o quanto poderá ser uma bênção para você e para os irmãos que vivem a mesma dor. É um mistério de amor no qual as pessoas encontram Deus no sofrimento e podem refletir a alegria de crer e de ter esperança num feliz reencontro.
      A Regina, a Eliete, o Rodolfo e Neusa, o Maurício e a Vilma, e uma família enorme que tem aqui poderão te ajudar a tornar realidade o grupo aí onde você mora.
      Um grande abraço e fique com Deus.
      Pe. Rogério das Neves

    • Querida Maria de Fátima,

      A paz do Senhor Jesus esteja com você!

      Esteja e está em paz. Isso, percebemos pelas palavras que diz que tem interesse em acalentar o coração do próximo, não tem graça sentir a esperança sozinha, ou a fé sozinha, esses dons precisam ser compartilhados.
      Feliz iniciativa a tua.

      Segue o meu email e o email da Regina que é a coordenadora do Grupo. Peço que me envie o seu email com cópia para ela, é apenas uma certeza de que ambas receberam o email.
      Logo que eu receber o teu email, estarei enviando para a Regina e ela em breve entrará em contato.

      Eliete – mariaelietegomes@yahoo.com.br
      Regina – regina@dioceseesjc.com.br

      Deus esteja contigo sempre,

      Abraços

      Eliete Gomes

  3. Queridos amigos, tá com 1 ano e 8meses, que meu Ralf se foi , morar junto com nosso pai e nosso criador, mas tá cada dia mais dificil de viver sem ele a sua ausencia , a saudades chega a mim sufiocar, as vezes acho que naõ vou suprortar . Mas tenho muita fé e peço a Deus ea nossa senhora que tenha misericordia de nós mães que estamos vivendo sem apresença de nossos filhos ,que nos ampare e nos te muita força e sabedoria , prá que nós possamos vencer nossa missão aqui, que sejamos fortes!!!!!!!!!!

    • Querida Simonia,

      A paz do Senhor Jesus esteja com você!

      Deus é o Senhor da vida, autor de todas as coisas boas deste mundo e Ele está contigo, não te desampara.
      No agudo da dor, peça a presença do Pai Eterno, que pela Graça não há deixa sozinha.
      A fé passa a ser o novo sentindo desta vida, e o momento para o abraço eterno é a verdadeira razão para quem deseja cumprir essa missão de dividir o mesmo espaço do amor com a saudade.
      Tenha a certeza, de que o teu filho Ralf intercede por você, pelo teu amor, e pela tua esperança. Desejando sempre que esteja com ele, através da força que a oração tem para lhe levantar.
      No agudo da dor clame a Deus pela saudade que sente, mas também peça a consolação a todos ao pais e mães quem vivem naquele momento a mesma intensidade da saudade. Neste instante sentirá o amor de Deus invadir a tua alma, te consolando e te confortando. Porque Deus não permite que as lágrimas de uma mãe seja em vão. Ele sempre as recolhe, transformando em um lindo tesouro de amor e caridade.
      Encontra-se em nossas orações.

      Deus te abençoe, profundamente.

      Eliete Gomes

      • Muito obrigado Eliete gomes, pelas sua lindas palavras , que Deus de muita saude e te abençoe sempre …..abraços.
        simonia.

  4. que Deus te abençoe sempre Eliete, meu nome é gloria eu gostaria de pedir se for possível
    ver novamente meus testemunhos que enviei quando perdi meu querido filho Luciano.foi no
    dia 15 de agosto de 2007,e ainda sinto muita dor e muita saudade.dele.não lembro bem a data em que enviei esses testemunhos mas acho que foi no ano de 2009 e acho que em 2012
    também.se puder ser atendida agradeço muito de coração.Deus Abençõe a todos.

    • Querida Glória, a Paz de Jesus!

      Como vocês estão? Já faz algum tempo que não recebemos notícias. Mas saiba estão em nossas orações, e estarão sempre, pois aqui rezamos uns pelos outros, como uma grande e amada família.
      Querida, saudade sentiremos sempre. É a presença dos nossos filhos no coração. E só sentimos saudades porque amamos. Esse amor nunca vai sair do nosso coração.
      O que acontece é que aprendemos a viver com ela. Na verdade reaprendemos a viver.
      Estamos juntos, sinta-se acolhida e amada por toda família dos “Filhos no Céu”.
      Quando puder nos escreva. Suas mensagens sempre transmitiram muita fé e confiança em Deus. Obrigada!
      Sobre seu pedido, encaminharemos os depoimentos e mensagens por e-mail.
      Deus a abençoe infinitamente.
      Grande abraço,

      Regina Araújo

    • Querida Glória,

      A paz do Nosso Senhor Jesus esteja com você!!

      Como bem colocou nossa amiga Regina, sentimos falta de suas mensagens e seus comentários. Lembramos de você e de tudo que deixou para nós, e sentimos alegria sentir que voltas aqui, vezes para se fortalecer, outras vezes para nos fortalecer. Missão confiada pelo Pai.
      Suas mensagens se encontram na página “a dor da perda de um filho”, postadas em maio e junho de 2012, e uma postada em janeiro de 2013. Há uma mensagem bem especial que contou no dia 05/06/2012, sobre a experiência de sentir o perfume do teu filho Luciano um dia antes de receber uma carta do INSS, e que a deixou em paz.
      A dor é sinônimo de um amor que carece da presença física. Tão natural quanto a dor é a saudade que sente. Porque é mãe, porque sabe que seu filho vive e está do outro lado da ponte e o momento do encontro ainda não chegou.
      Mas mesmo assim, sabendo da presença viva do filho na eternidade, nossa esperança se confunde com essa dor e com a saudade. Algo tão humano que não podemos nos desvencilhar. Somos assim, pessoas que em sua carne sente falta do fruto da própria carne. Esse pedaço de nós que sentimos falta é o amor, necessitando de algo para se sentir completo.
      Nossa humanidade vive essa esperança e as vezes até a pressa de um dia poder contemplar a face Sagrada do Cristo, juntamente com a face angelical do filho que partiu. Nossa saudade quando aperta é dizendo que o amor tem pressa. E como fazemos para controlar o amor? Gestando! Gestando a saudade, gestando o amor, gestando a esperança.
      Porém, da mesma forma que aguardamos o momento certo para que o filho venha para os nossos braços enquanto gestamos o seu corpo, é assim também a caminhada para eternidade. Mas no avesso, é Deus junto com os filhos que gestam o nosso espírito nos preparando para o momento certo e enfim nascer na eternidade.
      Enquanto a nossa missão não é finalizada, cumprida, dentro da dignidade divina imposta em nossas ficamos na caminhada, vezes com saudades, outras com esperança, e nesta mescla de sentimentos humanos, vamos seguindo, vendo que Deus está ao nosso lado, nos fortalecendo.
      Persevere na esperança e na fé, seja forte e corajosa. Nesta batalha, a vitória é certa, mas a batalha ainda é necessária.
      Venha aqui sempre que desejar, para desabafar, para nos ajudar. Coloque nossos pais e mães em tuas orações, estamos em oração por você.

      Deus a abençoe sempre,

      Abraços

      Eliete

      • Querida Eliete!
        que Deus te Abençõe sempre querida por cada palavra de tão grande sabedoria .agradeço do fundo de minha alma ,você é realmente uma serva de Deus muito iluminada.agradeço também a Regina por suas consoladoras palavras.quero pedir a nosso senhor Jesus que abençõe todas as mães e pais que aqui deram seus testemunhos que nos ajudam tanto a continuar e também nos deixam mensagens consoladoras.sabe querida irmã em Jesus as vezes a dor aperta muito e nesses momentos sabemos pois sentimos mais forte a presença de nosso deus ao nosso lado verdadeiramente como você mesma colocou em sua resposta.
        Ah! se não fosse esse poder e amor tão misericordioso de Deus por nós,confesso que não aguentaria.por isso Louvo e glorifico meu Deus amado meu pai Eterno que em Jesus veio para nos curar libertar salvar.só Nele e por Ele podemos realmente Viver encontrar forças para
        continuar na certeza de um dia por graça e misericordia de nosso Deus nos estarmos em sua
        glória junto de nosso amado Jesus e de nosso amado filho e entes queridos que partiram antes.graças a Deus Eliete mesmo sofrendo a dor maior de todas,em minha vida nunca perdi
        a fé. tenho certeza mais ainda na misericordia de meu Deus , meu Jesus que deu sua vida por mim,por nós todos. Obrigado Senhor.Ele conheçe nossas fraquezas por isso nesses momentos se manifestã tão real que nos transmite imediatamente sua presença na paz e em suas palavras. veja Elete num desses dias muito triste chorando muito pedia a Deus me responder “Porque” porque Senhor levasse meu querido Luciano, imediatamente fui tomada
        de uma vontade de ler a Biblia que estava por incrivel que pareça fechada na cabeceira da
        cama coisa que normalmente não aconteçe,pois sempre deixo aberta,então abri exatamente
        na pagina 839,meus olhos cairam imediatamente no versiculo 10 de Sabedoria capitulo 4
        com a voz interior me dizendo.leia do versiculo 10 ao 15.foi tão maravilhoso ouvir esta resposta, Deus falando que Ele amava meu filkho, que Ele estava salvando meu filho entendi
        tão claramente esse Amor tão Misericordioso que meu coração exultou de alegria e paz agradeci ao meu senhor por nunca me deixar sem resposta.Amo , louvo glorifico meu Deus por tudo ,que faz em minha vida renovando sempre seu amor em meu coração e renovando minhas forças.Obrigado meu Jesus amado eu não sei viver sem Ti.depois desse dia não tive
        mais crizes de Desespero.desde então comecei a me entregar novamente a Jesus como sua serva ,pedindo que me usasse conforme sua vontade como instrumente na vida de meus irmãos que por ventura necessitarem.Estou aqui Senhor e te peço sempre olhai por todos nós.
        deixo meu abraço com todo meu amor e gratidão.que Deus nos abençoe sempre.

    • Lindo Glória o seu depoimento. Também perdi uma filha com 15 anos, já faz algum tempo.(14 anos) Mas parece que foi ontem. Mas hoje digo como você Louvo, Glorifico e Agradeço a Deus pela conversão da minha família. A morte dela não foi em vão. Uma semente foi enterrada para florir de forma frondosa………….há dias que sinto muita saudade. Mas nossa Mãe que está atenta às nossas dores e nos consola vem em meu socorro, tenho certeza absoluta sinto fortemente a presença dela. Amém. Que Deus te abençoe sempre.

  5. meu nome é Glória Maria Maçaneiro Lubaski.,gostaria de ver novamente meus comentarios ou melhor meu testemunho sobre a dor da perda de meu filho amado Luciano.

  6. Que Deus nos de sabedoria e coragem , pra enfretar os dias sem nossos amados filhos ,está fazendo 1 ano e 4 meses que meu Ralf se foi, e´uma dor insuportável, saudades eterna. todas as mães que vive essa dor muita força e fé…..abraços.

  7. Sou a Maria, mãe de uma filha no céu, também faço parte desse grupo de pais que sofrem a pior das perdas. Minha Débora linda faleceu dia 30/06/13, faltando 26 dias para completar 20 anos, com complicações de hepatite autoimune, uma doença silenciosa de difícil diagnostico. Em 40 dias ficou doente e partiu dilacerando nossos corações, tenho meu esposo Jair, outra filha Luana também linda, e uma netinha Maria Clara. Mas não está nada fácil, somos bem participativos em Nossa Paróquia Santo Antonio Maria Claret, em Curitiba, onde meu esposo é diácono, recebemos diariamente apoio de amigos e familiares, porém repito é muito dolorido. Minha Débora era grande devota de Santa Terezinha, onde fazia muitas vezes das novenas e rosas suas respostas para decisões na sua breve vida. Pedi na noite de seu velório que com a permissão de Deus me respondesse de alguma forma, se era plano dele que ficasse tão pouco tempo conosco, e se estava bem, pedi sinal com rosa.. Logo após seu enterro no dia seguinte, recebi de forma inesperada uma rosa de duas crianças que foram muito amadas por ela, e que nada sabiam de minha fala sobre o sinal. A Débora foi uma menina linda fisicamente e de grande testemunho de vida, como falou o padre na missa de sétimo dia, “viveu só 19 anos, e deixa mais exemplos do que alguém que vive 60, 70 anos. Hoje encontramos conforto somente na fé, na esperança do reencontro. Amanhã 30/10 fará 4 meses de grande sofrimento. Este site é lindo e ajuda muito, Deus abençõe o padre e os demais responsáveis

    • Olá Maria,

      A paz do Senhor esteja com você e tua família!

      Obrigada pelas tuas palavras que nos são consoladoras. Seja benvinda a essa família que é tua também. Essa família que compreende e vive a maior dor que um humano pode sentir.
      Quando nos falou sobre a tua Débora que era devota de Santa Teresinha, me lembrou a nossa amiga Vilma, pois a sua Aline também era devota de Santa Teresinha, essa semelhança nos marca muito, porque esses filhos que nos são emprestados muito mais do que pela confiança de Deus em nós para cuidar desses filhos, eles são um grande e preciosíssimo presente de Deus, o dom da vida, e de vidas marcadas pela Graça direta que vem de Deus.
      Nossos filhos partiram para o céu, e sua presença com Deus nos revela algo que muitas pessoas passam a vida inteira procurando, a consolação eterna de Deus. Uma consolação que só sente quem tem um filho no céu, uma fé ampla que gera esperança na mesma intensidade que chega a dor. Isso porque há um novo intercessor pelas mães e pelos pais, um novo intercessor que em sua missão eterna intercede por cada um dos seus.
      A intercessão faz parte do mistério da fé, Maria, mas esse mistério é palpável, pois nos move para fazermos com que os filhos ressuscitem aqui. Pois, além das lindas lembranças, compreendemos e sentimos que a eternidade nos faz promovermos suas ações, suas bondades, seguimos os seus exemplos, repetimos os seus feitos.
      Os filhos não são perdidos, são sim, continuidade de cada pai e cada mãe já na eternidade, uma continuidade que de lá opera aqui. Eles nos fortalecem para que continuemos suas mensagens de amor.
      Por vezes nossa humanidade faz perguntas, e as respostas chegam como sinais do amor e da bondade de Deus.
      Pensamos em Maria quando ela viu Seu amado Filho subir aos céus, a presença física não estava mais ali, mas a presença espiritual estava, pois Ele fez a promessa quando um ou mais estiverem falando de mim, estarei no meio deles. Será que isso procede com nossos filhos? Não sabemos, mas sabemos que toda e qualquer ação que fazemos, em bondade para repetir o que eles faziam, estaremos ressuscitando eles aqui. Porque uma mãe e um pai que tem um filho no céu, já pode sentir a eternidade.
      Maria, a dor faz parte de quem tem saudade e de quem ama. Esse composto novo de saudade, e de amor é a nossa missão para que outras pessoas possam compreender a esperança na eternidade, que já é vivida por você.
      Desejamos que muitas rosas cheguem para você como sinal de amor do Pai, por você para lhe dizer que foi e és uma mãe maravilhosa que a missão de ser mãe da Débora não acabou, pois serás mãe dessa linda menina por toda a eternidade.
      No agudo do sofrimento, ore profundamente, contemple o céu, ou peça para que Deus ore por você. A consolação vem rápido e do céu.
      Esteja aqui conosco quando deseja, esse espaço é teu, Deus te abençoe, abençoe teu marido e toda a família.
      O Grupo Filhos no céu também é teu grupo, tua família e

      Abraços

      Eliete Gomes

      • Amém Eliete, muito obrigada pela sua atenção e principalmente por sua mensagem, com tanto amor e fé, nos emocionamos muito, também nos sentimos muito confortados. Deus te abençoe, também aos demais pelo lindo trabalho de ajuda ao próximo que vocês fazem. Abraços, Maria e família.

  8. Prezada Aline,

    A paz do Nosso Senhor Jesus esteja com você e tua família!

    Lindo testemunho de fé que você com o qual você nos presentou.
    Entre todas as missões que você recebeu de Deus, a vida do teu Vinícius tornou-se mais uma. Uma missão de louvor ao dom da vida. Sem por ques e para ques com o Vinícius chegou a missão de doar vida para aquela que mais o ama.
    Amamos Deus sem vê-Lo e nesta delicadeza do amor, encontramos mais uma missão, amar com tranquilidade e gratuidade o filho que partiu, sem vê-lo, porque neste mundo e no outro sempre será a mãe do Vinícius.
    O mistério vivenciado a partir do hoje, porque o amor vivido de forma diferente, pleno e incondicional, é sinal do Reino que brotou dentro de nós.
    Coloque em suas orações os pais e mães que assim como você, vive o mistério de sentir o amor, sem ver.

    Deus a abençoe muito

    Eliete Gomes

    • Querida Eliete,

      Sou mãe do Tales, filho no céu gostaria de pedir que me encaminhasse mães pais que recente perderam os filhos para eu poder compartilhar e se possível de alguma forma que minhas palavras possam ajuda-los. Já passei por isso e sei o valor de um abraço de alguém que sente a mesma dor. Nós entendemos. Em especial aos pais que perderam filhos por suicídio. Ficarei muito feliz se puder conversar com eles.
      Grata
      Com amor
      Cristina

      • Querida Cristina,

        A paz do Senhor esteja com você!

        Obrigada por toda disponibilidade, se desejar poderá deixar o seu email em resposta a essa mensagem para que ao nos procurarem possamos pedir o seu auxílio e socorro.

        Deus a abençoe sempre, e encontre-se em nossas orações e coloque nossos pais e mães em suas orações de intercessão.

        Obrigada pelo carinho.

        Abraços fraternos,

        Eliete

Escreva aqui o seu comentário, seu testemunho, seu pedido. Em breve, responderemos. Paz e Bem!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s